Para jornalista da esquerda, pelo bem da economia, povo deve comer carne podre

Para o famoso jornalista da esquerda brasileira, pouco importa se os frigoríficos estão misturando papelão, bosta ou veneno às carnes vendidas ao povo brasileiro e errados estão a Polícia Federal e o Ministério Público Federal por descobrirem o escândalo escatológico e deflagrarem a Operação Carne Fraca.


Por outro lado, abra qualquer jornal internacional (The New York Times, Washington Post, BBC international, etc) e encontrarás matérias pesadíssimas sobre o escândalo descortinado pela Operação Carne Fraca. A imprensa brasileira, por questões óbvias, está pegando leve, encontrando palavras bonitas, evitando falar os nomes das marcas famosas que encontramos no supermercado e que foram contaminadas com produtos cancerígenos, estavam podres e até misturadas com papelão e sabe-se lá mais o quê.



É uma opção jornalística. Mas, desta vez custará caro. A situação ultrapassou todos os limites. É imperdoável um jornalista que se refere a assassinos potenciais como ‘campeões nacionais’.

Para jornalista da esquerda, pelo bem da economia, povo deve comer carne podre Para jornalista da esquerda, pelo bem da economia, povo deve comer carne podre Reviewed by on 14:50 Rating: 5